1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

PCA do ISSM apela à Responsabilidade dos Quadros no Exercício das suas Tarefas

PCA do ISSM apela à Responsabilidade dos Quadros no Exercício das suas Tarefas

                                    O Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique (ISSM) realizou, no dia 21 de Dezembro de 2018, no Distrito de Boane, Província de Maputo, a sua reunião de Balanço Anual

Read more...

ISSM Capacita Jornalistas de Sofala em Matéria de Seguros

ISSM Capacita Jornalistas de Sofala em Matéria de Seguros

                              O Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique (ISSM) capacita mais de 30 jornalistas da Província de Sofala em materias de seguros, incluíndo uma professora e 5 estudantes

Read more...

ISSM Reúne com os Operadores e Discute o Relatório do Mercado de Seguros de 2017

ISSM Reúne com os Operadores e Discute o Relatório do Mercado de Seguros de 2017

                                    O Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique (ISSM) realizou, no dia 13 de Novembro de 2018, na cidade de Maputo, a sua V Sessão Ordinária do Conselho Consultivo (CC)

Read more...

Maleiane reconhece o crescimento do sector de Seguros

	Maleiane reconhece o crescimento do sector de Seguros

                             No âmbito da abertura do IV Seminário sobre o Sector Segurador em Moçambique, realizado sob lema “por uma indústria de seguros mais dinâmica e interventiva”, 

Read more...
Previous
Next
  • PCA do ISSM apela à Responsabilidade dos Quadros no Exercício das suas Tarefas

    PCA do ISSM apela à Responsabilidade do

  • ISSM Capacita Jornalistas de Sofala em Matéria de Seguros

    ISSM Capacita Jornalistas de Sofala em M

  • ISSM Reúne com os Operadores e Discute o Relatório do Mercado de Seguros de 2017

    ISSM Reúne com os Operadores e Discute

  • 	Maleiane reconhece o crescimento do sector de Seguros

    Maleiane reconhece o crescimento do sec

5ª Edição do Boletim Informativo Acesse, baixe e leia a 5ª Edição do BI

COMUNICADO DE IMPRENSA COBRANÇA DA TAXA ANUAL DE SUPERVISÃO

 O exercício da actividade de mediação de seguros, nas categorias de corretor de seguros, agente de seguros e promotor de seguros, está sujeito ao pagamento da taxa anual de supervisão, de acordo com o nᵒ 2 do artigo 7 do Decreto-Lei nᵒ 1/2010, de 31 de Dezembro, que aprova o Regime Jurídico dos Seguros.

 Assim, o Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique recorda a todos os mediadores de seguros que a referida taxa deve ser paga, impreterivelmente, até ao dia 10 de Janeiro de 2019, nos termos da alínea b) do nᵒ 1do artigo 132 do Regulamento das Condições de Acesso ao Exercício da Actividade Seguradora e da Respectiva Mediação, aprovado pelo Decreto nᵒ 30/2011, de 11 de Agosto. 

Baixar Documento Completo.

Estatísticas Estatísticas do Mercado de Seguros

 Indicadores Trimestrais

- 3º Trimestre de 2018 novo skrol

- 2º Trimestre de 2018

- 1º Trimestre de 2018

 Relatórios Anuais                          

2017 novo skrol      2016              

2015               2014              

2013               2012


 

 

Newsletter

Receba novidades do mercado de seguros de Moçambique
Nome:
Email:

Quem está online?

Temos 23 visitantes e Nenhum membro online

Contactos

Endereço: Av. 24 de Julho n˚ 1097, 2.˚ Andar Esquerdo, Edifício 24

Telefones: +258 823064220 | +258 823064040 | +258 823063720 | +258 843122357

Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


 

 Conselho Consultivo do ISSM debate Plano Estratégico (2019-2021)

cc2018-min

O Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique (ISSM) realizou, no dia 13 de Novembro de 2018, na cidade de Maputo, a sua V Sessão Ordinária do Conselho Consultivo (CC), um órgão de consulta cuja competência, segundo o artigo 17 da resolução no 9/2018 que aprova o Estatuto da Instituição, é pronunciar-se sobre as linhas de orientação estratégica para o sector de seguros, quer em resposta a solicitações apresentadas pelo Conselho de Administração, como em temas da sua própria iniciativa, apresentando para o efeito sugestões e recomendações pertinentes.

Nestes termos, membros do mesmo órgão composto à luz do artigo 13 do Decreto no 45/2016, de 12 de Outubro, pela Presidente do ISSM, igualmente Presidente do CC, membros do Conselho de Administração do ISSM, Delegados Regionais e ou Provinciais, representante do Banco de Moçambique, das associações de defesa do consumidor, das seguradoras, das entidades gestoras de fundos de pensões complementares, dos corretores e três individualidades de reconhecida idoneidade e competência no âmbito das atribuições do ISSM, discutiram, dentre outros assuntos, a Proposta do Plano Estratégico do ISSM para o período 2019-2021 e Principais Actividades Desenvolvidas pelo ISSM (2017 a Setembro de 2018).

No acto de abertura do encontro, a Presidente do Conselho de Administração do ISSM e do CC, Otília Santos, desafiou o sector a alcançar a meta de 2.1 por cento da taxa de penetração prevista no Programa Quinquenal do Governo (PQG-2014-2019). “Espera-se que os grandes projectos de petróleo e gás venham a contribuir para o alcance desta meta governamental”, referiu a dirigente.

Igualmente ficou claro a contínua necessidade de reforma legal do sector segurador, visando responder a actual conjuntura do mercado, aprofundar e esclarecer temas relacionados com os fundos de pensões e fronting, bem como a melhoria de atendimento do consumidor evitando-se morosidade em caso de ocorrência de sinistros.

No concernente a Proposta do Plano Estratégico do ISSM (2019 a 2021) destacam-se seis prioridades, nomeadamente, a Governação Corporativa, educação do consumidor, desenvolvimento do seguro inclusivo, modernização dos sistemas de informação, quadro de pessoal adequado ao ISSM e início de processo que visem garantir o funcionamento em instalações próprias.

Relativamente às actividades realizadas, o ISSM explicou que irá continuar a implementar as acções previstas na Estratégia de Educação Financeira em Seguros; reforçar a supervisão dos operadores de seguros visando garantir a sua solvabilidade; desenvolver acções para o crescimento do mercado e salvaguardar os interesses dos intervenientes; implementar o programa de formação de quadros da instituição em diversas áreas relacionadas com o objecto do Instituto e prosseguir as reflexões em curso, no âmbito da regulamentação e revisão legislativa.