1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

PCA do ISSM apela à Responsabilidade dos Quadros no Exercício das suas Tarefas

PCA do ISSM apela à Responsabilidade dos Quadros no Exercício das suas Tarefas

                                    O Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique (ISSM) realizou, no dia 21 de Dezembro de 2018, no Distrito de Boane, Província de Maputo, a sua reunião de Balanço Anual

Read more...

ISSM Capacita Jornalistas de Sofala em Matéria de Seguros

ISSM Capacita Jornalistas de Sofala em Matéria de Seguros

                              O Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique (ISSM) capacita mais de 30 jornalistas da Província de Sofala em materias de seguros, incluíndo uma professora e 5 estudantes

Read more...

ISSM Reúne com os Operadores e Discute o Relatório do Mercado de Seguros de 2017

ISSM Reúne com os Operadores e Discute o Relatório do Mercado de Seguros de 2017

                                    O Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique (ISSM) realizou, no dia 13 de Novembro de 2018, na cidade de Maputo, a sua V Sessão Ordinária do Conselho Consultivo (CC)

Read more...

Maleiane reconhece o crescimento do sector de Seguros

	Maleiane reconhece o crescimento do sector de Seguros

                             No âmbito da abertura do IV Seminário sobre o Sector Segurador em Moçambique, realizado sob lema “por uma indústria de seguros mais dinâmica e interventiva”, 

Read more...
Previous
Next
  • PCA do ISSM apela à Responsabilidade dos Quadros no Exercício das suas Tarefas

    PCA do ISSM apela à Responsabilidade do

  • ISSM Capacita Jornalistas de Sofala em Matéria de Seguros

    ISSM Capacita Jornalistas de Sofala em M

  • ISSM Reúne com os Operadores e Discute o Relatório do Mercado de Seguros de 2017

    ISSM Reúne com os Operadores e Discute

  • 	Maleiane reconhece o crescimento do sector de Seguros

    Maleiane reconhece o crescimento do sec

5ª Edição do Boletim Informativo Acesse, baixe e leia a 5ª Edição do BI

COMUNICADO DE IMPRENSA COBRANÇA DA TAXA ANUAL DE SUPERVISÃO

 O exercício da actividade de mediação de seguros, nas categorias de corretor de seguros, agente de seguros e promotor de seguros, está sujeito ao pagamento da taxa anual de supervisão, de acordo com o nᵒ 2 do artigo 7 do Decreto-Lei nᵒ 1/2010, de 31 de Dezembro, que aprova o Regime Jurídico dos Seguros.

 Assim, o Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique recorda a todos os mediadores de seguros que a referida taxa deve ser paga, impreterivelmente, até ao dia 10 de Janeiro de 2019, nos termos da alínea b) do nᵒ 1do artigo 132 do Regulamento das Condições de Acesso ao Exercício da Actividade Seguradora e da Respectiva Mediação, aprovado pelo Decreto nᵒ 30/2011, de 11 de Agosto. 

Baixar Documento Completo.

Estatísticas Estatísticas do Mercado de Seguros

 Indicadores Trimestrais

- 3º Trimestre de 2018 novo skrol

- 2º Trimestre de 2018

- 1º Trimestre de 2018

 Relatórios Anuais                          

2017 novo skrol      2016              

2015               2014              

2013               2012


 

 

Newsletter

Receba novidades do mercado de seguros de Moçambique
Nome:
Email:

Quem está online?

Temos 28 visitantes e Nenhum membro online

Contactos

Endereço: Av. 24 de Julho n˚ 1097, 2.˚ Andar Esquerdo, Edifício 24

Telefones: +258 823064220 | +258 823064040 | +258 823063720 | +258 843122357

Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


 

 ISSM Capacita Jornalistas de Sofala em Matéria de Seguros

beira7

O Instituto de Supervisão de Seguros de Moçambique (ISSM) capacita mais de 30 jornalistas da Província de Sofala em matéria de seguros, incluindo uma professora e 5 estudantes universitários. O evento, por sinal a IV capacitação dirigida aos profissionais de comunicação social, decorreu nos dias 29 e 30 de Novembro de 2018, na cidade da Beira, visando transmitir aos profissionais de comunicação social daquela região informações relevantes do domínio dos seguros, para um melhor desempenho das suas funções de recolha, tratamento e divulgação de factos relativos ao sector.

Coube ao Director Provincial de Economia e Finanças de Sofala, Lénio Mendonça, dar as boas vindas aos participantes enaltecendo a iniciativa do Instituto e tendo referido que a cidade da Beira, por se localizar abaixo do nível da água do mar, necessita de mecanismos de protecção, dentre os quais o seguro, no âmbito de mudanças climáticas, o que será crucial para a protecção de bens e da população exposta a esses tipos de risco.

Discursando na sessão de abertura do evento, a Presidente do Conselho de Administração do ISSM, Otília Santos, referiu que a actividade seguradora é de capital importância para a sociedade e para a economia, pois permite a transferência de riscos de indivíduos e demais pessoas colectivas, públicas e privadas, para entidades especializadas na sua gestão, isto é, as seguradoras, contribuindo, assim, para o aumento do nível de bem-estar social.

“Todavia, constatamos que grande parte da população não adere aos produtos de seguros, sobretudo por falta de conhecimento da sua importância. Assim, em Julho de 2014, o ISSM aprovou a Estratégia de Educação Financeira em Seguros (EFISE), com o objectivo de informar, formar e orientar a sociedade sobre conceitos e produtos de seguros”, frisou.

Acrescentou, ainda, que o ISSM tem estado a proferir palestras sobre seguros nas instituições de ensino do País, visando incutir nos alunos a importância de fazer seguro, pois esta camada juvenil serve de veículo para a disseminação de mensagem sobre esta matéria junto do seu círculo de convivência.

Por seu turno, o representante do Sindicato Nacional de Jornalistas, Arsénio Cruz, encorajou o Instituto a continuar a promover estas capacitações aos jornalistas, de modo a dotá-los de conhecimentos sobre o sector de seguros para melhor transmitir ao público.

Na capacitação foram abordados os temas da “História da Entidade de Supervisão de Seguros” e “Regime Jurídico dos Seguros”, com o intuito de situar os participantes, dando-lhes a conhecer a gênese e o papel da entidade de supervisão, bem como o quadro legal que orienta a sua intervenção no mercado. O tema relativo ao “Seguro Obrigatório de Responsabilidade Civil Automóvel” foi proposto tendo em conta que a circulação automóvel tem sido um dos maiores factores de sinistralidade afectando sobremaneira pessoas e bens. Por outro lado, o tema sobre o “Micro-seguro” tem o intuito de promover este segmento de seguro no âmbito da inclusão financeira no País.

Por fim, os temas respeitantes ao “Relatório do Mercado de Seguros em 2017” e à “Interpretação de Dados Estatísticos” visam, por um lado, partilhar a informação sobre a produção do sector, bem como esclarecer alguns aspectos, no concernente à análise de dados estatísticos.

Importa referir que, em 2015, com a implementação da EFISE, foram realizadas três sessões de capacitação de jornalistas em matéria de seguros na região Sul do País, a primeira na Província de Gaza e as restantes na cidade de Maputo.